queijadas Ó pasteis

13.8.06 ·
Figueira da Foz
Cada praia seu pregão. Na Figueira da Foz a Senhora de sempre (eu cresci e ela está na mesma com a sua voz aguda e inconfundível) equilibra na cabeça um grande cesto. Lá dentro as queijadas, os pastéis e ainda as maravilhosas Raivas que antes de se deixarem fotografar foram comidas. Acho que o nome se deve ao facto de serem muito duras - antigamente muito mais que hoje em dia - e de naturalmente enraivecerem qualquer um que as queira devorar. A fotografia da Senhora fica para a próxima...
Há ainda A Bolacha Americana , fina, estaladiça e igualmente devorável! (é tipo bolacha de gelado, mas muito melhor).
E no meio de tanta delícia, há a água gelada - que para minha sorte já não congela tanto os ossos - e as barracas lindas cujas lonas resistem, resistem, resistem, resistem, resistem

2 comentários:

  1. sandera ;-)11:07

    Ai que lindas fotos.
    Até me cheirou a mar!

    ResponderEliminar
  2. deve ser por pouco que não nos cruzamos por lá...

    ResponderEliminar